VÍDEOS

Você sabe gravar um vídeo?

Confira 5 dicas para você fazer vídeos para suas redes sociais

Separei 5 dicas super importantes pra você melhorar seus vídeos nas redes sociais. São dicas simples que fazem a diferença!

Confira 5 dicas para você fazer vídeos para suas redes sociais

1. Equipamento

  • Você não precisa de nenhum tipo de equipamento específico para começar, mas se você puder adquirir equipamento específico para esse fim, mostra que você está investindo no seu público.
  • Você pode gravar os vídeos usando o seu celular, mas é legal ter os seguintes acessórios:
    • Tripé – pode ser de mesa ou de piso
    • Ring Light – não é obrigatório, mas ajuda
    • Microfone externo – de lapela ou de mesa
  • Esses três itens ajudam muito no resultado do seu vídeo e você consegue achar com valores bem acessíveis no Mercado Livre.

2. Onde seu vídeo será publicado

  • Cada canal precisa de uma configuração diferente de vídeo, por isso é importante você saber, antes de gravar, onde vai publicar.
    • Youtube – formato horizontal 9:6
    • Feed Facebook/ Instagram – formato quadrado 1:1 até 1 min
    • Story Facebook/ Instagram – formato vertical 6:9 até 15s*
    • IGTV – formato quadrado 1:1
    • Linkedin – formato horizontal 9:6 ou quadrado 1:1
    • Site – normalmente usamos o vídeo do youtube
  • Você consegue gravar um vídeo apenas para utilizar em todos os formatos, mas vai precisar editar o vídeo para cada um deles.
  • Se você gravar bem centralizado horizontal e vertical, conseguirá usar o mesmo vídeo, dá uma olhada no exemplo.

3. Cenário

  • O cenário anda junto com a mídia onde o vídeo será publicado
  • No Youtube os usuários esperam um cenário mais elaborado, um vídeo em tripé, fixo sem “tremer”.
    • É importante mostrar onde você está, o que acontece “por trás das câmeras”.
    • Esse cenário muda de acordo com o que você quer passar para o público, por exemplo, se você quer passar confiança, use uma estante tradicional com vários livros, se você que mostrar que é descolado, use um ambiente com posters, personagens em prateleiras e coisas do gênero.
    • Sempre pense no que a pessoa que está assistindo gostaria de ver e o que ela vai interpretar do que está vendo
  • No Facebook e Instagram, os usuários gostam de ver cenários variados, assim eles têm a sensação que fazem parte do seu cotidiano
    • Tenha um cenário “a lá Youtube”, preparado para os vídeos
    • Grave andando na rua, pra mostrar que você teve um insight naquele momento e quis compartilhar com seus seguidores
    • Grave no carro, mas sem segurar a câmera, use um suporte para isso, se der, pare o carro e mostre que você parou para gravar
    • Use diversos espaços da sua casa e escritório, mas cuidado com o que está aparecendo de fundo, não queremos nenhuma gafe né

4. Tipo de Vídeo

  • Defina quais são os tipos de vídeo que você fará para o seu público e siga essa programação por pelo menos 90 dias
  • Passado esse período você analisa qual tipo está dando mais resultado, se tiver algum com muito mais visualizações e engajamento, esse tipo de vídeo deve ser seu foco
  • Quando digo tipo de vídeo, é basicamente o assunto e o objetivo do vídeo, por exemplo:
    • Vídeo com interação – onde você faz uma pergunta e pede para as pessoas responderem. Você também pode fazer um vídeo com sua opinião e pedir a opinião dos seus seguidores. Sempre evite temas polêmicos como política, religião e futebol.
    • Vídeo comercial – você oferece um serviço ou um produto da sua empresa. Tente sempre sair da mesmice, foque em um atributo principal ou no diferencial do que você está vendendo frente aos concorrentes.
    • Vídeo institucional – você consegue contar a história da sua empresa em 30s? Esse é principal desafio que você deve vencer. Depois você faz em 60s. Os vídeos institucionais devem mostrar a cultura da empresa, os colaboradores, os momentos que fazem a sua empresa ser o que ela é.
    • Vídeo lifestyle – Esse tipo de conteúdo normalmente nós colocamos em stories, pois são momentos pessoais seus, relacionados ou não ao trabalho. Pode ser você indo trabalhar de manhã ou pode ser uma atividade sua no final de semana. O objetivo desses vídeos é mostrar a pessoa por trás da empresa. Se as pessoas te admirarem como profissional, você tem um ponto. Se as pessoas te admirarem como pessoa, você tem tudo.
    • Vídeo backstage – esses vídeos são importantes para mostrar o que acontece por trás das câmeras, todo mundo tem essa curiosidade, então mostre o seu cenário, quando você comprar algum item novo por exemplo, faça um vídeo de porque você comprou, onde, como escolheu aquele lugar da estante pra colocar, etc.

5. Técnicas de Conteúdo

  • Antes de mais nada, escreva uma lista com os tópicos que você acha importante falar
  • Separe inicialmente entre conteúdo comercial (venda de serviços e produtos) e conteúdo institucional (sobre você ou sua empresa)
  • Depois que você listar os tópicos, anote os pontos importantes de cada um deles
  • Quando você tiver todos os highlights definidos para cada tópico, vamos para o conteúdo fixo dos seus vídeos, essa será a sua assinatura. Por exemplo:
  • 1. Abertura: “Fala pessoal, tudo bem?”
  • 2. Introdução: “Nesse vídeo vou falar sobre …”
  • 3. Fechamento: “Gostou? Quer ver mais conteúdo sobre esse assunto? Então se inscreve no canal e dedo no like!”
  • Evite usar vinhetas de abertura e fechamento para as redes sociais, só faça isso durante o início das suas operações nas redes, para que as pessoas reconheçam a sua marca.
  • No Youtube, coloque uma vinheta depois de 15s a 30s do início, e você pode falar na introdução algo como “Nesse vídeo vou falar sobre —, roda a vinheta!”

Ficou com alguma dúvida?

Se você ainda tem dúvidas ou se quer um conteúdo personalizado para a sua empresa, clica aqui embaixo.