Você pode não acreditar, mas estamos em novembro novamente. E recomeça a campanha mundial pela saúde integral do homem, com foco maior no combate ao câncer de próstata: o Novembro Azul.

As ações promovidas buscam conscientizar os homens sobre a importância de prestar a atenção na saúde, se cuidar e procurar um médico sempre que parecer ter algo errado ou para realizar exames preventivos.

O câncer de próstata

Este é o segundo tipo de câncer com maior incidência entre os homens e a segunda maior causa de morte entre a população masculina no Brasil: em 2012, a cada 100 mil, 14 morreram em decorrência da doença.

Mas o que muitos esquecem é que as chances de cura são altíssimas, podendo a chegar a 90% se o diagnóstico for feito logo no início. Mas, por ser uma doença silenciosa, é preciso estar atento a todo e qualquer sinal que o corpo der. E nada de ter medo de médico!

Veja os números:

  • + 60 mil novos casos foram diagnosticados no Brasil em 2016
  • + 13 mil mortes por ano
  • 1 morte a cada 40 minutos

Quais são os sintomas?

Quando na fase inicial, a doença não apresenta sintomas. Porém, quando surgem os primeiros sinais, cerca de 95% já está em estado avançado, diminuindo as chances de cura.

  • Dor nos ossos;
  • Sintomas urinários;
  • Problemas gerais de saúde;
  • Insuficiência renal;
  • Dores fortes.

Fatores de risco:

  • Idade – a partir dos 65. Entretanto, homens acima dos 50 devem visitar o urologista anualmente.
  • Histórico familiar – principalmente pai ou irmão que tiveram a doença antes dos 60 anos.
  • Alimentação inadequada, deficiente em frutas, legumes e grãos e excesso de gordura animal.
  • Sedentarismo
  • Obesidade

Acesse o site oficial da campanha e saiba mais.

Fonte: SUS, Inca e Instituto Lado a Lado pela Vida.

Posts relacionados

Prefeitura de SP proíbe distribuição de panfletos

Prefeitura de SP proíbe distribuição de panfletos

A lei proíbe a distribuição de folhetos, panfletos ou qualquer tipo de material impresso com mensagens publicitárias. Você também tinha a impressão de que a planfetagem já havia sido proibida em São Paulo? Pois é, a gente também, mas nesta última terça-feira, dia 14,...

ler mais