Uma palavra pode ter diferentes significados em outras línguas. Cuidado para não cair nessa cilada na hora do Naming, ou seja, quando for dar um nome à sua marca.

O “Naming”, processo de criar um nome para uma marca, nem sempre é fácil. Muita coisa precisa ser explicada (ou entendida) em apenas um nome. Uma simples palavra precisa atender a muitos requisitos. É preciso pensar no significado, na sonoridade, na simplicidade, na pronúncia, nos riscos e até no bullying, acredite! Tudo isso porque é este nome que vai carregar os seus negócios e a sua reputação até o fim.

Leia também:

O rótulo da ibis Beer é nosso!

Apresentações em PPT: já está na hora de começar a usar

Entre os tantos requisitos que o Naming precisa atender, é muito importante se preocupar com o sentido da palavra – não só em português, é claro, mas em outros idiomas. Isto, principalmente se existir nem que seja a mínima intenção de expandir os negócios e chegar em outros países. Aqui na Saber5 já vimos clientes perderem bons negócios porque o nome da marca tinha um significado em lugares específicos não muito agradáveis…

Por isso, a pesquisa é fundamental. Esta parte do processo de Naming pode livrar a marca de alguns enroscos que possam surgir pelo caminho.

Cuidado também com as siglas! No final das contas, a sigla é que vai ser o nome da marca ou empresa. Se o nome completo parecer inofensivo, cheque também os possíveis significados da sigla por aí.

Se quiser mais dicas sobre como criar nome de marca, veja este infográfico publicado pelo site AdNews. E a revista Exame listou os 8 erros fatais na hora de escolher o nome de uma empresa.

E, se quiser se divertir, esse post do Buzzfeed dá exmplos claros – e bastante engraçados – de como o Naming pode se tornar uma cilada quando aplicado em outros países.

Posts relacionados

Prefeitura de SP proíbe distribuição de panfletos

Prefeitura de SP proíbe distribuição de panfletos

A lei proíbe a distribuição de folhetos, panfletos ou qualquer tipo de material impresso com mensagens publicitárias. Você também tinha a impressão de que a planfetagem já havia sido proibida em São Paulo? Pois é, a gente também, mas nesta última terça-feira, dia 14,...

ler mais